imagem topo

Boletim Informativo Quinzenal
FUNDASP - Fundação São Paulo Mantenedora da PUC-SP e do UNIFAI.

nº10
15/08/2022

 

imagem topo
Dom Leonardo Steiner
Crédito da foto: Web
Dom Leonardo com representantes indígenas de Manaus (AM). Crédito da foto: Web

ABERTA A SEGUNDA
TEMPORADA DOS DIÁLOGOS FUNDASP

O segundo semestre de 2022 abrirá com uma intensa interlocução sobre Tecnopolítica em agosto, e, em setembro, com o frade franciscano e 1º Cardeal da Amazônia brasileira Dom Leonardo Steiner

Em setembro próximo, os Diálogos FUNDASP terão o privilégio de receber Dom Leonardo U. Steiner, Arcebispo Metropolitano de Manaus (AM), tornado Cardeal pelo Papa Francisco em 29 de maio de 2022.

Ele assumirá a função de 1º Cardeal da Amazônia brasileira, e para tal oficialização estará em Roma entre os dias 16 de agosto e 4 de setembro próximos. Depois de seu retorno ao Brasil, ainda em setembro, será o centro do episódio Diálogos FUNDASP daquele mês, setembro, em data a ser anunciada. A consagração de Dom Leonardo Steiner como 1º Cardeal da Amazônia brasileira reveste-se de especial importância neste momento grave atravessado pela sociedade brasileira, em que estão particularmente ameaçados os povos originários da floresta, e a própria floresta, pelo esbulho desenfreado e criminoso de direitos garantidos constitucionalmente, que hoje se verifica na vasta região.

 

imagem topo


Já em agosto, no dia 16, terça feira, os Diálogos FUNDASP sediarão, em parceria com o podcast TECNOPOLÍTICA, que é coordenado por Sérgio Amadeu da Silveira e Joyce Souza, um poderoso enclave para discutir o assunto, sob o tema: "SOBERANIA DIGITAL E AUTONOMIA TECNOLÓGICA: UM PLANO DE EMERGÊNCIA".

O evento contará com os seguintes participantes: RAFAEL EVANGELISTA, membro do Comitê Gestor da Internet e professor da UNICAMP; FLÁVIA LEFÈVRE, advogada especializada em Telecom e integrante da Coalizão por Direitos Digitais; RODOLFO AVELINO, professor do INSPER, especialista em segurança digital; BEATRIZ TIBIRIÇÁ, coordenadora do Coletivo Digital; HENRIQUE PARRA, professor da UNIFESP; AMANDA AMBRIOLA, do Garoa Hacker Clube; MIGUEL SAID, da UFABC.

A condução do debate será dividida entre Sérgio Amadeu da Silveira e Joyce Souza, da equipe do podcast TECNOPOLÍTICA.

Este grupo reúne alguns dos maiores expoentes do assunto atualmente, do Brasil, na reflexão aprofundada e no pensamento crítico, técnico, político, original e criativo sobre a realidade digital e seus mais obscuros e complexos tentáculos sobre a vida social, pública e privada, do cidadão, além de todas as suas sensíveis e decisivas interconexões com a política, o poder, e suas inflexões sobre o transe do Brasil.

Todos os episódios são ao vivo no Tucarena, PUC-SP, com plateia, entrada gratuita, sem inscrições. Transmissão pela TVPUC, Facebook da PUC-SP e TVT (TV dos Trabalhadores), sempre das 20h às 21h30.

 

imagem topo
Imagens da celebração de pe. Rodolpho Perazzolo na abertura do
semestre letivo no campus Marquês de Paranaguá

ABERTURA DO SEMESTRE LETIVO
NO CAMPUS MARQUÊS DE PARANAGUÁ

Celebração mobilizou a comunidade

Com uma tocante celebração, pe. Rodolpho Perazzolo, Secretário Executivo da Fundação São Paulo, abriu, no dia 02/08/2022, o semestre letivo da PUC-SP no campus Marquês de Paranaguá.

A celebração ocorreu no amplo auditório do campus.

A comunidade envolveu-se de forma sensível, contribuindo para que se criasse um clima de franca comunhão e unidade na compreensão e engajamento para uma disposição de combativa participação, que os próximos meses exigirão de todos (as).

 

imagem topo
Momento de confraternização pelo aniversário de 6 anos do Armazém do Campo
(São Paulo), do MST. Créditos da imagem: Luara del Chiavon

REDE ARMAZÉM DO CAMPO,
DO MST: 6 ANOS

No dia 30 de julho passado, quem esteve presente às festividades de comemoração dos 6 anos da rede, na loja dos Campos Elíseos, em São Paulo, pode degustar o arroz carreteiro feito por João Pedro Stedile

A loja Armazém do Campo, de São Paulo, que comercializa os produtos agroecológicos do MST, (alameda Eduardo Prado, nº 499, Campos Elíseos, São Paulo), completou seis anos de existência no último dia 30/07, com muita celebração e o Festival "A esperança vai vencer o medo", que teve a apresentação de vários grupos musicais, entre os quais o Afoxé Amigos do Katendê, bloco Esquenta CarnaLulaHaddad e muitos outros.

Havia muitos motivos para um sentimento geral de celebração, alegria e vitória: a rede expandiu-se exponencialmente e está hoje presente em todas as regiões do pais, e é a maior especializada em produtos da Reforma Agrária e da Agricultura Familiar Camponesa.

Hoje conta com 25 lojas físicas e 39 unidades de comercialização com entregas programadas e compras online, presentes em 36 cidades interioranas e capitais.

Ademar Ludwing, coordenador da Rede de Armazéns do Campo conta que a iniciativa bem-sucedida já planeja a expansão, com abertura de mais mil unidades pelo país nos próximos anos. "É nestas lojas que tu vais encontrar os frutos da luta pela terra, desses 40 anos de luta do MST.

Mas vai encontrar aqui também o produto do quilombola, do ribeirinho, da mulher camponesa, da juventude, o artesanato dos indígenas, o material de luta, o boné, a camiseta", afirma sereno e convicto o coordenador, um dos responsáveis pela expansão, pelo país, da Rede Armazém do Campo, do MST, que, com isto, deixa de fora da mesa do brasileiro produtos contaminados com agrotóxicos e venenos já proscritos no resto do mundo, mas usado largamente por toda a indústria de alimentos do país, e agora mais ainda, com a liberação de novos "defensivos" pelo atual  governo.

Em nível nacional, só o MST assume este compromisso e trava esta luta, completa.

 

Para sugestões, comentários, correções ou para simples interações mande e-mail para: rachelbal@fundasp.org.br